Loading...

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Senhoras

Três senhoras não podem nunca chegar a ver cem horas, pois sem horas bservam a eternidade sem ver a quarta. Como chegar a cem de todas que vejo, procuro ainda por uma...

domingo, 17 de junho de 2018

Menos e menos

A gente simplesmente volta no tempo. Olha pro futuro e desconhece ainda mais as pessoas. Então dizemos, agora conheço menos e odeio menos por isso. Nem tenho mais mágoa. Nem raiva, nem pena. Ach que no passado eu vou esqueci aqueles que conhecia menos que nada,. Still something.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Sinapse

Eu sou um prosopopedista. Todos deveriamos ser... Acreditar na prosopopéia de cada ser nomeado com expectativas dos pais e até de todo um alfabeto de números desconhecidos. E conhecendo-as em parte , buscar novos significados ou manter os que temos. Ambos, para o mundofeliz!

sábado, 9 de junho de 2018

O nosso próprio som.

A ternura dos nossos sons, pode desaparecer vagarosamente, e penetrar outras dimensões, transformando os lugares onde é necessário. Cantem bem com os seus corações.

Não.

A verdade liberta, não escravisa e não muda nada.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Artefeliz!

Meu lugar preferido não tem gênero . Música é universal e atemporal. A arte é universal e abstrata. E, igualmente, se o músico (ou artista) é machista ou odiento, e você o aprecia. O problema é dele e seu. Não da música. Música não tem preconceito, brota com a mesma sinceridade em todas as idades. Em todos os gêneros e orientações sexuais, em todas as religiões, e até nas babaquices da humanidade como nazi-fascismo, ainda que isto boicotemos como á pedofilia e a zoofilia. Pois a arte não tem culpa dos psicóticos , nem dos sociopatas. Apenas que ela não discrimina, para que sejamos nós os responsáveis por fazer isso. Ela não nos julga. A arte É a mãe perfeita, mas pobre demais para tanto filho. Boa demais para uma porção deles. Perfeita e paciente . E eu a amo mutuamente , plantonicamente e no contacto com tua substância . Meu lugar preferido. Meu mundofeliz!