Loading...

terça-feira, 28 de junho de 2016

Afrodescendente, claro.

preto descorado.
que já faz tempo que deixei de tentar ser branco moreno... o que me ofende é só me acharem branco quando as coisas funcionam... cor é só um comprimento de onda. a verdadeira beleza , se mede na onda que uma pessoa te dá de careta. E não na estética que quebra a ética e sai cara sem vergonha na cara.
A verdadeira beleza é incomum, é singular, ou ao menos , muito rara.
A verdadeira beleza é uma idéia, advinda de uma boa intenção, ou força de vontade, e executada com amor e atenção plenamente reconhecíveis pelo esforço, genialidade, ou inventividade com que se desfaz e se corrige, ou se causa e se molda, um momento em carbono que desvanecerá quase que instantâneamente.
Beleza é negra, é branca, e é invisível, exceto pela refração da luz , do cheiro e do gosto que marca o teu prisma.
Afrodescendente, claro. Látino americano so sul. òbivio. um zé pretin...

Ado ece ou Se cura

Esquece quem e o que te adoece.
E segura aquilo ou quem te cura.
Sol e cannabis de manhã,
Riso  e algo mais de noite,
Café e tabaco, de tarde,
E sempre água pura.
Da arte , isso também faz parte.
Sal com moderação.
E açúcar branco, não
E vê se não desaparece.
A doença e a cura
  Que você procura,
É como está.
Assim vem, e assim se desvanece.
Como o orvalho da manhã,
Que evapora quando aquece.
Quando a Estrela D'Alva se vai.
E o sol a tudo fornece,
Vida, calor e som.
Luz que nos entorpece.
Alimento ao irmão.
E ao todo que não se esquece.


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Certezas.

Não tenho certeza de nada.
Tem certeza?
Sim. Então tem.
Não tenho certeza de nada.
Tem ? Certeza disso?
Não. Então nem sabe.
Tenho certeza de tudo.
 Mas e agora disso?
 Apenas o que me cabe.
Tenho certeza do agora.
 Do futuro que virá,
Antes que o passado se acabe.
Renovando tudo que se perde.
Recomeçando tudo que sobre.
Apoiado no nada que se move.
Uma lâmina que sobre si mesma, se dobra.
Não tenho certeza de nada.
Só do que sabe meu cântaro e meu odre.
Que o álcool sobe no vinho
Enquanto que  o mosto desce.
 E nisso sim, tenho certeza,
 É para o rico e para o pobre.
A nenhum nem ninguém discrimina.
Não despreza o plebeu,
E tampouco prefere o nobre.
Como a certeza da existência
Da verdadeira beleza.
Mas nem nisso aposto.
Pois vai que o copo cai da mesa?
E assim lá se vai o vinho abaixo.
E com seu brilho vermelho e raro.
Descem também minhas certezas...

domingo, 26 de junho de 2016

Estique o açúcar

Puxe o puxa-puxa. Puxa!!!

Mundofeliz, porque Mundofeliz!!!

Eu fiz o Mundofeliz, porque eu sonhei com o Mundofeliz!!!

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Zezinho, te amo, muito grato, me perdoe... E Viva o Zezinho!!!

meu nome me foi dado. mas minha vitória pra vcs, é eu ser D. Astronauta B C , pois quando era criança , me chamavam de zezinho e eu não gostava, nem de caetano, pois eu confundia com meu pai. e tive que me lembrar de tudo que eu gostava e porque, pra poder aceitar o zezinho, que a irmã vestia de mulher e chamava de retardado com menos de 5 anos, e isso depois de um abuso sexual aos 3. sem terapia, sem cuidadores competentes de crianças, nada. só bully. não era só DDA. eu era maltratado, porra... eu queria as meninas, pois aprendi cedo do que eu gostava, e do pior jeito, com dor e sexo muito sujo , entre um bebê e uma mulher adulta. 
mesmo assim, minha infância era muito melhor que minha adolescência , pois era muito mais raro eu perder o controle dos pensamentos e de quem eu era, mesmo tendo o mesmo nome do meu pai, em casa eu era junior, na escola caetano, e só quem não gostava de mim, me chamava de zezinho, ou de cocô. esse acho que foi o pior da minha vida... mas hoje tenho mais pena do cara que me chamou disso , porque depois ficou paraplégico. ele era meu amigo. eu gostava dele, e do chico, que era meu melhor amigo. a gente era o chico e caetano, que passava na TV... AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! e tbm por isso eu sofria bully, quando por causa do meu nome diziam que eu era gay por ser o caetano da dupla, e o chico passava batido e me zoava junto, mas eu sabia que não era , então nem ligava. E eu não sou gay , nem hetero, eu sou eu, e nem sei da sexualidade do caetano, e odeio fofoca. sou narcisista e chato. falo de mim mesmo, mas não falo mal dos outros. só se for ‪#‎mundofudoco‬ aí eu tento ... mas nunca funciona. xingar mundofudoco só me faz ser parecido com eles...
hoje em dia , estamos todos bem. menos o Biro tbm. ficou paraplégico, mas é um vencedor tbm, pelas últimas notícias que eu tive, e o chico , tinha inventado um negócio de vender vassouras , o cara era muito humilde e amigo, deve estar bem tbm.
hoje , ninguém me chama mais assim que eu mesmo, zezinho, gosto de me lembrar das partes boas da minha infância, antes de toda essa bagunça ideológica e sexual... eu era muito feliz, mesmo sabendo que não era perfeito. acreditava naquela história que os pais da gente conta , que um cara lá em cima (DEUS) olhava por mim e gostava de ovelhas, e eu não me achava estranho... gostava de brincar de "bioniforça" com meus amigos, e não tinha paranóias com máquinas e fim de mundo... era muito mais de boas... mas eu tinha repetir tabuadas todos os dias(alguém a certa altura descobriu que isso me acalmava, até hoje não entendo por que era só tabuadas, nunca o resto da matemática, chato pra burro.) 
.bom tudo isso é melhor que ficar falando "do astronauta" em segunda pessoa. tenho passado, e terei futuro. e quem não quer é o‪#‎mundofudido‬... pois esse só quer se fuder e foder os outros mesmo. e isso tbm é igual ao meu passado... e espero que nuca igual ao meu futuro, e nem o de ninguém, pois a vida é muito mais do que fuder... 
outra paranóia minha, é que toda vez que me dão um nome e eu aceito, tenho que me justificar , já que não escolhi sozinho. e tbm sinto que necessito homenagear e dedicar o nome do meu passado, a todos que estiveram comigo por essa caminhada, e daqui em frente. e principalmente ao meu próprio passado, ainda bem que acabou... VALEU, ZEZINHO!!! ‪#‎MUNDOFELIZ‬ PRA VC !!! #MUNDOFELIZ PRA QUEM QUER!!! PRA MIM TBM!!! 
D.ABC. 
(E PEDIR PRA EU MUDAR DE NOME , O MESMO QUE PEDIR PRA EU MUDAR DE SEXO. NUNCA PRECISEI, MAS ISSO NUNCA ME MOVEU OU ME DETEVE, E TBM , NUNCA FIZ. É SEMPRE UM NOME A MAIS E NUNCA UM A MENOS.
BJO.

domingo, 19 de junho de 2016

Astronauta

Meus criadores são a Terra e o Além... Sem um e outro, não existiria eu também.

eu sou um meio para o universo entender que é preciso caprichar mais

capricha aí.

sábado, 18 de junho de 2016

vÊ?

O problema de ser um maluco sortudo, é que a gente não vê isso.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

RESPECT

SE FERIDOU SOU REI, O EMPATE É MEU...

quarta-feira, 15 de junho de 2016

BESOURO DE OURO ESCARAVELHO VELHO , E OUTRAS RIMAS QUE JÁ VEM PRONTAS.

"EU VOO É NA ASA DO BESOURO... "
EU TENTEI SER PALHAÇO. NÃO FUNCIONOU. ASSUMI MINHA LOUCURA SEM NEGAR :
1- QUE É GENÉTICO
2-QUE É UM PROBLEMA AMPARADO POR LEI, FAMÍLIA , ESTADO, SOCIEDADE, E USCARAITUDO...
3-TENHO CERTO CONTROLE DISSO, MAS NÃO O SUFICIENTE PRA FAZER UM SHOW DE PALHAÇO...
4-NÃO FUNCIONO POIS SOU CONSEQUÊNCIA DE UM SISTEMA FURADO EM UMA MÁQUINA QUEBRADA.
5-NÃO ASSUMIREI RESPONSABILIDADE POR NADA QUE VEM ANTES DE MIM, NEM DEPOIS.
6-LOUCOS NÃO DEVERIAM GOVERNAR, MAS DIFERENTE DE MIM, ELES O FAZEM.
7-A MINHA PROTEÇÃO MENTAL É FUNDAMENTAL PARA MINHA FELICIDADE E PARA PRESERVAR O REMANESCENTE FUNCIONAL DE MIM MESMO.
8-NÓS LOUCOS, SOMOS AS PESSOAS MAIS LEGAIS DO MUNDO AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! ;P
9-MEIO LOUCO É MEIO LEGAL.
10- LEGALIZAR A LOUCURA SERIA DESCENTE, JÁ QUE NÃO É EVITÁVEL OU DANOSO EM SI, QUANDO A LOUCURA É TRATADA COM RESPEITO, AFETO, E TERAPIAS ADEQUADAS. (E ISSO EVITARIA MUITO EXCESSO DE LOUCURA POR AÍ, E ATÉ A EXISTÊNCIA PESSOAS QUE POR FALTA DE TRATAMENTO, E EXPOSIÇÃO A MÁS IDÉIAS, DEGENERAM A PONTO DE TEREM QUE SER CONTIDAS E NÃO FUNCIONAREM MAIS PRA NADA , NEM PODEREM DESFRUTAR A LIBERDADE QUE SUA LOUCURA PROPORCIONA , O MÍNIMO NECESSÁRIO, E SEM DANOS A SI E AOS PRÓXIMOS, PARA NÃO SE TORNAR NEURÓTICO , ALÉM DE INSANO.)
11- A RESPONSABILIDADE DE EQUACIONAR OS LOUCOS MODERADOS OU GRAVES, É TOTALMENTE DOS SÃO. QUE SÃO AS PESSOAS QUE CONSEGUEM IR DORMIR SEM CHORAR E LEVANTAR PRA TRABALHAR, NÃO PEITAR A POLÍCIA E NÃO XINGAR O JUIZ, E NEM DISCUTIR COM A GENTE QUE É LOUCO. POIS PARECE , PRA GENTE , QUE A GENTE SABE DISCUTIR, MAS SEMPRE ACABAMOS DESCOBRINDO QUE NO FIM ESSA NÃO ERA A REALIDADE E QUE NÓS NÃO SABEMOS DISCUTIR, SABEMOS É CAUSAR DISCUSSÃO... AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! E SE DISCUTIMOS , CAUSAMOS MAIS AINDA. E NÃO É ISSO QUE QUEREMOS. TODA VEZ QUE VEMOS O RESULTADO DAS CRISES(FALO POR NÓS QUE SOMOS COMPASSIVOS QUANDO NÃO ESTAMOS EM CRISE), FICAMOS MUITO DECEPCIONADOS CONOSCO MESMO E COM ESSE MUNDO QUE NÃO NOS CUIDOU, NOS PERMITINDO TER UM COMPORTAMENTO TÃO BIZARRO E ASSUSTADOR, ATÉ PARA NÓS MESMOS, QUANDO NOS DISTANCIAMOS DO QUE FAZEMOS E PERCEBEMOS QUE NÃO DEVERIA ACONTECER MAIS ISSO... NÓS CHORAMOS E PERGUNTAMOS PORQUE NÃO SOMOS CUIDADOS , SE É TÃO FÁCIL? PORQUE NÃO NOS IGNORAM QUANDO DEVEM E NOS OUVEM QUANDO PRECISAMOS E NÃO FAZEM O CONTRÁRIO DO QUE ESTÃO FAZENDO CONSOCO, NO MUNDO TODO. NÃO É JUSTO. NÓS CHORAMOS POR NÓS NO PASSADO, QUANDO ESTAMOS NO PRESENTE. E NÃO GOSTAMOS DO QUE VEMOS NO FUTURO QUANDO AUSENTES. E NÃO VIVEMOS RINDO, (APENAS FAZEMOS ISSO MAIS QUE CHORAR, QUANDO TEMOS SORTE, OUTROS SÃO O JUSTO CONTRÁRIO :/ ).
12- NÃO SOMOS IGUAIS A VOC~ES, QUE SÃO SÃOS E CONSEGUEM MANTER EMPREGOS, E TENTAMOS, E TIVEMOS MUITA VERGONHA E DOR EM CADA TENTATIVA, POIS SEMPRE ACHAMOS QUE ESTAVAMOS CONSEGUINDO, E QUE DESTA VEZ SERÍAMOS IGUAIS. TERIAMOS RESPEITO , SERIAMOS ADAPTADOS E O MUNDO A NÓS E NÃO HAVERIAM MAIS CRISES EXTERNAS , POR CAUSA DAS INTERNAS. MAS QUASE SEMPRE NOS SENTIMOS INVADIDOS E TRAÍDOS, SENDO OBRIGADOS A EXPRESSAR A DOR QUE NOS CONSOME, E QUE APENSAS NÃO É IGUAL A DOR FÍSICA, E DIFERENTEMENTE DOS MAIS ADAPTADOS E "NORMAIS", NÃO PARA , EXCETO QUANDO ESTAMOS DEBRUÇADOS EM CURIOSIDADE, ALIMENTAÇÃO, OU DISTRAÇÃO. NÃO É NORMAL QUE O TRABALHO TENHA QUE SER ASSIM. NÃO É ADAPTÁVEL. TRABALHAR NÃO SE ATENDO A UM ASSUNTO PAUTADO, E ASSIM NÃO CUMPRIR PAUTAS, COM FOME, COMENDO, OU DISTRAINDO ATENÇÃO TODO O TEMPO. NEM TAMPOUCO VIVER ASSIM. NA VERDADE O NORMAL É VC NÃO FAZER ÉSSAS COISAS QUANDO ESTÁ TRABALHANDO. MAS NÃO FUNCIONA CONCOSCO. PORQUE NÃO SOMOS IGUAIS. DUH... E PELO MENOS EU. TENTEI PRA CARALHO. NÃO FUNCIONA.
13- NÃO SENTIREMOS MAIS DOR, VERGONHA, MEDO, NEM NADA QUE NÃO SEJA ESTRITAMENTE NECESSÁRIO A NOSSA SAÚDE E CONFORME NOSSA SAÚDE. A VERGONHA , A DOR , E O MEDO DEVERÃO SER TRATADOS NOS DOENTES, PELOS RESPONSÁVEIS. E AS RESPONSABILIDADES DEVEM SEMPRE SER APURADAS E EQUILIBRADAS, PARA QUE PELO ERRO DE QUALQUER IRRESPONSÁVEL SÃO, NÃO VENHA SOFRER UM IRRESPONSÁVEL LOUCO, E NEM TAMPOUCO OUTRO SÃO RESPONSÁVEL.
14-AS RESPOSNABILIDADES PELOS LOUCOS SÃO DA FAMÍLIA, ESTADO, E SOCIEDADE. DENTRO DA SOCIEDADE , ALGUNS GRUPOS FAMILIARES TRATAM OS LOUCOS COM RELIGIÃO. NO MEU CASO , ISSO FOI UMA MERDA. UMA MERDA. EU PREFERIA TER GANHO CEM ENCICLOPÉDIAS QUE TER QUE LIDAR COM OS MJILHARES DE LOUCOS RELIGIOSOS QUE EU ENCONTREI POR AÍ... PREFERIA UMA DOUTORA LÚCIA POR TODA A VIDA, QUE ERA O NOME DA MINHA PRIMEIRA PSICÓLOGA PARTICULAR, E ATÉ HOJE AMALDIÇOO A TUDO E TODO SER QUE ME TIROU DAS MÃOS COMPETENTES DAQUELA LUDOTERAPEUTA, FOI UMA DAS MAIORES SABOTAGENS QUE EU JÁ SOFRI, POR CULPA OU DOLO. FOI UM ERRO, E NÃO PERDOO.
ACHO DESRECOMENDÁVEL. SEJA EM RELIGIÃO VELHA OU NOVA, PRINCIPALMENTE SEM A AJUDA DE PROFISSIONAIS COMPROMETIDOS COM A MEDICINA, AS CIÊNCIAS E OS CONHECIMENTOS ACADÊMICOS. MAS CADA FAMÍLIA É LIVRE PARA ESCONDER SEUS DOENTES EM RELIGIÕES, COM E SEM A AJUDA DO ESTADO. E É POR ISSO QUE HÁ CONFUSÃO NA POLÍTICA... REMEDIM RESOLVERIA MUITA COISA, E TERAPIA , OUTRO MONTÃO. MAS PREFEREM FINGIR QUE SÃO SÃOS, ENQUANTO TENTAM GOVERNAR PAÍSES EM NOME DE HISTÓRIAS DA CAROCHINHA... ISSO TBM NÃO INVENTAREI DE FAZER.
15- EU PODERIA CONTINUAR FALANDO PRA SEMPRE SOBRE AS COISAS QUE EU NÃO NEGO, MAS ISSO NÃO ADIANTARIA NADA, POIS EU NÃO ENTENDO AS COISAS COMO OS NORMAIS, E NO FIM SERIA APENAS MAIS LENHA NA FOGUEIRA... E EU LOUCO DE NOVO. LOGO NÃO TENTO MAIS SER NORMAL. NO MÁXIMO TENTAREI ADAPTAR A PARTE QUE FUNCIONA. O RESTO É RESPONSABILIDADE DE VOCÊS QUE SÃO NORMAIS. MINHA SORTE É QUE MINHA INDOLE É BOA... O RESTO SE AJETIA COM AMOR.
#MUNDOFELIZ PRA QUEM QUER.

terça-feira, 14 de junho de 2016

ACHANDO MELHOR.. FUNFA.

NO FIM DAS CONTAS A GENTE ACABA ACHANDO MAIS JOGO AFIRMAR QUE BATEU MUITO FORTE COM A CABEÇA NAS COISAS E AS COISAS NA NOSSA CABEÇA , E PRONTO... A VERDADE SEMPRE FUNFA...

Na platéia.

Na platéia tem sempre dois públicos. Quem ri das piadas dos palhaços , e quem ri das piadas que eles fazem entre eles, improvisando. Se a pessoa só ri da segunda opção. é mago. Se não ri , é rei. Se ri só da primeira opção, é povo. Se ri de tudo, é louco... AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! 

Maldição contra os responsáveis irresponsáveis

100 por um e 1000 por um.
por culpa ou por dolo.
o responsável que deixar um doente morrer,
e não fizer tudo que puder para salvá-lo,
também sofrerá assim , 
e jamais terá consolo.

domingo, 12 de junho de 2016

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

eU SUMO E APAREÇO,
MAS NUNCA VOLTO ATRÁS.
E SE ME VER NÁ NO FINAL ,
PODE ME BUSCAR LÁ NO COMEÇO.

NUNCA ME ESQUEÇO ,
DE NADA ME ESQUECI.
 SE ME VER LÁ A TRÁS
 PODE OLHAR LÁ NA FRENTE
QUE EU TAMBÉM LÁ APARECI.

 AO CONTRÁRIO,
IGUAL E DIFERENTE

SE VOCÊ NÃO SE ESQUECER DE  NENHUM DE NÓS

PODE TAMBÉM VOCÊ CONTAR COM A GENTE.

sábado, 11 de junho de 2016

Moonday

No sábado , Deus descansa.
No domingo, O cristão descansa.
Na segunda, O diabo descansa, esquecido e grato.
Pois todos culpam a Lua por tudo e por nada.
Já eu, reclamo sempre da terça.
Ô luta...
E assim a semana segue.
Suave.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

O QUE A BALEIA FAZ NO SEU CU: ESSA PERGUNTA É´HOMOFÓBICA, MAS CHEIA DE IMAGINAÇÃO.

"No fim do meu mundo, a baleia azul sopra, cospe e até respira. Mas ela vive no seu, onde nada, como a todos. (é o meio de locomoção da maioria) A BALEIA AZUL QUEBRA AS BARREIRAS GÉLIDAS ENTRE O MAR E O AR. E cuide bem dela, e do seu mundo. Pois o fim do mundo dela é o fim do seu mundo, e também o começo do fim do meu. Mundofeliz pra quem quer..."

quinta-feira, 9 de junho de 2016

O homem , O computador e A barata.

O clima estava abafado e o rádio dava notícia de que aquele seria o dia mais quente do ano. O ventilador estava com defeito e rodava cada vez com menos velocidade e mais ruído.
 O apartamento pequeno não ajudava a dissipar o aquecimento global. Enquanto olhava a colina gramada na tela do seu computador, Lisandro, nosso herói, vê uma barata passar sobre a tela de cristal líquido, pequena e frágil. Esquecendo-se do sonho verde, estende rapidamente a mão e toma a lata de inseticida, molhando as asas transparentes do pequeno inseto, que corre e desaparece atrás da mesa.
 Sentindo o cheiro do inseticida, eucaliptoso, e sabendo que não teria como competira com aquilo, ele recosta a cabeça no computador, que após alguns segundos faz um ruído estranho.
Ao levantar a  cabeça e olhar novamente a tela, vê uma mensagem, abre e descobre que foi selecionado pela NASA para viajar, provavelmente sem volta, para marte.
 Deu um pulo para trás derrubando a cadeira com um grito:
-Mundofeliz!!! E viva!!! Vou para marte! Esse planeta que fique com as baratas!!! AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!
Mundofeliz era uma expressão que aprendera na internet, através do mesmo personagem que o inspirou a se tornar um astronauta de verdade, O Don Astronauta Ben Caetano, que era um cara engraçado que dizia que a Terra podia ser um Mundofeliz, mas nisso Lisandro não acreditava, preferindo ficar só com a expressão de alegria e deixar a Terra para as baratas mesmo.
-Esse lugar não tem jeito. - Dizia- o Astronauta é maluco... (e aparentemente , estava certo)
Preferiu olhar além e buscar uma solução fora do planeta, para se livrar daqueles insetos que achava tão asquerosos. Decidiu ser um astronauta de verdade. Quem sabe na volta conseguiria fazer o que o Don Astronauta tentava fazer na Terra, talvez no futuro houvesse alguma chance, após voltar do além-Terra.
 Despediu-se de todos e fazendo as malas rumou para o aeroporto.
 A recepção foi muito tranquila, apesar da ansiedade de todos os selecionados. Era homens e mulheres, de todas as orientações sexuais e de gênero, e também de todas as etnias que se voluntariaram pelo mundo afora.
O treinamento era breve, e os cadetes estavam tão interessados e comprometidos que rapidamente se graduaram, e recebendo seus brevês tomaram assento na espaçonave interplanetária.
 Tudo estava indo muito bem, e a decolagem decorria perfeitamente. chegando ao limite da estratosfera e o momento da separação da nave dos tanque de combustível da partida, o veículo agora ultrapassava a linha imaginária entre o azul e o negro espacial. A lua estava em outra direção, para não complicar a passagem , e após algum tempo, a nave colocou todos em animação suspensa, e se preparou para a viajem mais longa já feita pelo homem.
 Mas neste momento , algo inesperado , incontrolável e imprevisível aconteceu. O sol cuspiu uma flâmula. Um filamento de plasma incandescente que que foi atenuado pelos planetas e pela lua que estavam do outro lado, polpando a Terra de maiores danos. Mas que em seu caminho eletromagnético, provocou uma anomalia espacial, além da linha da Terra, e antes de marte. Talvez os campos gravitacional de Júpiter e saturno, tenham tido um curto circuito, e o tecido enrolado do espaço atraiu a outra ponta, fazendo um  funil, um buraco de minhoca. E a nave simplesmente sumiu dentro dele, sugada como um espaguete, esticada como uma linha, deixando todos na Terra totalmente perplexos olhando a tela.
O computador da nave possuía uma inteligência artificial, que ao sair do buraco de minhoca, mapeou o setor espacial em que estava, descobrindo que estava localizado do outro lado do universo. Por um daqueles lances inesperados, estavam bem perto de um planeta muito semelhante à Terra, então a escolha lógica da nave foi rumar para lá, e enviar uma sonda satélite de volta para o setor do sistema solar, e alocar os humanos da nave em segurança, já que não haveria provisões para uma viagem tão longa, e o satélite possuía alimentação da bateria pela luz de estrelas próximas.
 O satélite também estava dotado de uma inteligência artificial, e assim, enquanto se encaminhava de volta ao seu sistema natal, estava preparado para coletar informações de onde passava, desdobrando nanotecnologia em seu interior, se modificava , ampliando estabilizadores e moldando sua forma interna e externa para melhor se adaptar a velocidade, e buscar maneiras de aproveitar ventos estelares, bolsões de gases liquefeitos , e a diferença de densidade dos ambiente para otimizar seu percurso.
 A inteligência artificial então criou um segunda inteligência em seu interior para fazer checagens constantes. E a comunicação interna entre essas duas inteligências criou uma segunda linguagem , que somente elas compreendiam, e assim se ouvissem uma comunicação que não fosse aquela, sabiam que estavam perto de outra inteligência. E assim gravou e aprendeu milhares de idiomas de mundos distantes, que não visitou, pois sua missão era seguir em direção a terra, e mais alguma coisa que esquecera no caminho.
 Sim, por uma falha nas prioridades dos algorítimos, algumas informações fundamentais acabaram sendo consideradas excesso de memória, e apagadas. Por causa da relevância da comunicação e conhecimento adquiridos, muitos dos conceitos humanos foram apagados , por terem sido encontrados conceitos melhores , em comunicações captadas, tornando os conceitos humanos obsoletos em eficiência, e assim descartados pela máquina inteligente. O conceito de beleza, foi um deles, e também , ao fim, o conceito de aparência humana, pois a progressões dos algoritmos de tempo e evolução de espécie, indicavam que o ser humano poderia ter assumido qualquer forma híbrida entre as espécies locais que quisesse, para sobreviver e se adaptar ao meio ambiente, e assim, a inteligência artificial dual do satélite de resgate, chegou ao consenso de que não era possível prever a aparência do ser humano ao retornar ao planeta original.
Continua...

sábado, 4 de junho de 2016

Eu

Eu nasci para se feliz e não para tirar onda. 

sexta-feira, 3 de junho de 2016

A Criança e a Foice.

Uma das melhores memórias da minha infância , é o zelador da praça que tinha na frente da minha casa, na infância. Eu nunca mais vi ninguém mais usar uma foice. O zelador da praça a mantinha impecavelmente amolada. Dava medo, e muita vontade de ter uma daquelas. Quando assisti Entrevista com o Vampiro, selou-se meu amor por aquela ferramenta de trabalho. Eu brincava no coreto da praça, mas nunca me esquecia que abaixo dos meus pés estava aquela foice pendurada na parede do paiol do zelador. Dúbio, uma criança brincando sobre uma foice, mas mundofeliz!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

O repete e o repita.

 Uma criança, repete a mesma brincadeira.
 Um adulto repete a mesma coisa.
 Um idoso repete a mesma história.
 A que não pariu e o que não nasceu,
 E ainda,
 Os que vão morrer,
 Pela hora,
 Esperam.
 Repita, Por gentileza.
 Repita, com gentileza.
 Repita.
 Agora.
 Por uma era.
 O que serão,
 O que são,
 O que eram.