Loading...

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

não sei, mas fui eu mesmo que escrevi. e basta.

Nós escrevemos sobre o que não sabemos. Para que no futuro fique claro que é no que não se sabe que repousa a solução para nossos problemas.
 Quando o futuro confirmar o que por probabilidade e tempo, não sabíamos, mas escrevemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário