Loading...

segunda-feira, 7 de março de 2011

Eu Já.

Já estive no banco e no púlipito de uma igreja.
Numa cela de cadeia e num quarto de sanatório.
Num banco de classe e na frente de um quadro negro.
No público e no palco.
Já fui militar e hippie de estrada.
Já sonhei acordado e estive consciente num sonho.
Já amei sem ser amado e fui amado sem amar.
Ja gritei pra ninguém e ouvi o silêncio dos quem estava ao meu lado.
Já desenhei na água e li no fogo.
Já segui os instintos humanos e pensei como um irracional.
Já fui ateu e espiritualista.
Já vi o mundo de dentro e de fora.
Já conversei com estrelas e não entendi pessoas.
Eu já. eu, já. já, eu?  já? eu...
O que é que eu sei da vida?
Nada sei.
Mas já soube, e já sabia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário