Loading...

terça-feira, 15 de março de 2011

Quem vê acha, mas o cego sabe.

Um amigo certa vez estava narrando um show de ilusionismo pra um defeciente visual.
-ele tirou um lenço do bolso.
-sacudiu o lenço.
- o lenço virou um pombo!!!
e o cego:
- que nada, o pombo estava no bolso dele.
-...
-agora ele pôs uma cartola na mesa.
-bateu com a varinha na cartola.
- tirou um coelho da cartola!!!
de novo:
- porra, o coelho tava num fundo falso embaixo da mesa. disse já levantando
para partir.
Pensou de novo no que viu. Viu que o cego tinha razão e perguntou como ele sabia.
-eu não sabia da cartola, da varinha e nem do lenço, mas estranhei quando ouvi o som de um coelho numa gaveta e de um pombo no bolso.
As vezes o ouvir e o falar de um cego é mais acurado que o olho distraído do que vê.

Um comentário:

  1. Que isso! Amei esse texto, vou publicar e dar a fonte...
    abs irmão
    paz

    ResponderExcluir