Loading...

sábado, 28 de janeiro de 2012

A felicidade, a Saudade e a Mágoa.

A felicidade ofereceu a dois viajantes sua companhia pelos caminhos, apenas colocando como condição a escolha certa entre a Mágoa e a Saudade, no fim de uma caminhada.
 Dois viajantes chegaram e escolheram. E ela, elegeu o que quis a Saudade.
Mas o outro replicou, dizendo que a Mágoa era necessária pra que ele estivesse feliz com o que possuía no presente, e para que a próxima viagem fosse melhor.  A felicidade então disse que a mágoa não permite sequer que se olhe, no presente, para o que vai ao lado. E disse que quem tem saudade , pode olhar para o que tem, feliz, e feliz por aquilo que teve também , pois guarda um sorriso na memória. E assim há mais que um momento feliz na Saudade. Ando bem junto dela - Disse. E de quem a leva. Más a Mágoa coloca defeitos onde não havia, e faz desaparecer a felicidade de um momento passado por outro que não foi feliz, e, não trazendo nenhuma felicidade para o presente, acaba determinando minha distância no futuro.
 Mas e agora, Felicidade? E agora que já escolhi , não posso jogar fora?
 Neste mundo nada se perde, caminhe um pouco só com sua Mágoa, desejando ser feliz de novo, e encontrará o Perdão pelo caminho, estarás muito atrás por causa do peso da Mágoa , que faz com que ande mais lento. Mas ao encontrar o Perdão, pode trocar a Mágoa pela Esperança ao caminhar com ele, ela faz ir tão rápido quanto o voo da Saudade. E assim me encontrará novamente pelo caminho. Para quem não está comigo, eu estou sempre um pouco mais a frente. Se vai me alcançar de novo ou não, depende de seu esforço e suas companhias. Eu não me detenho por ninguém, nem sigo ninguém. Escolho com quem ando pelo que carregam no coração.  Estou apenas de passagem. Pode vir ao meu lado e na minha direção quem quiser. Gostando das companhias, pode vir. Quem quiser...

Nenhum comentário:

Postar um comentário