Loading...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Não valeu.

Não existe beleza física que valha mais que boas memórias.
É e só aí, que o bonito fica feio, e o feio, bonito.
Pra sempre.
Uma bela e eterna lembrança,
 Ou um pesadelo que aconteceu dentro de qualquer beleza externa,
 Que felizmente ficou só na memória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário