Loading...

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

O QUE SE PODE FAZER NO FACEBOOK? ISSO...

Hoje passei por outra na rua. Fui almoçar num self service, muito bom por sinal, no catete. Quando entro na fila, vejo um casal de homens brancos entre 40 e 50 anos discutindo com uma mulher negra e mais nova, com uniforme de garçonete de lanchonete, ou algo assim, mas que estava ali fazendo sua quentinha também. Ela reclamava que os senhores haviam furado a fila dela, e que ela teria agora que esperar injustamente pra terminar sua quentinha na fila, não por uma mas pelas duas pessoas. os senhores a tratavam com desprezo e ameaçavam de chamar a polícia, mostrando claro preconceito racial. Pois porque ela deveria temer a policia, se era trabalhadora e apenas exigia seu direito a democracia que deveria haver numa fila? Ela já estava avisando que ele tomasse cuidado com o que falava , pois se ele a ofendesse tinha testemunhas, e que não tinha medo da polícia pois não fez nada errado.
Foi quando um dos senhores num arroubo a chamou de retardada. Daí, ele me chamou na conversa, pois eu sou doente mental , e se ele estava sendo cuidadoso com o racismo que estampava, não teve o mesmo cuidado com os deficientes mentais. 
"Meu senhor, eu sou doente mental e o senhor acabou de me ofender com o que disse, não tenho nada com a briga , mas seu preconceito está pegando em mais gente do que o senhor pensa." (até porque sou filho de negro, afrodecendente-latino e com muito orgulho, e estava odiando o tratamento que eles estava dando pra mulher) 
O gerente do lugar veio, e mandou o casal, que aparentava ser de homossexuais, a terminar de se servir e ir se sentar, pois ele tbm vira que a menina tinha sofrido preconceito, então não falou nada com a menina. mas a menina então se sentindo protegida vira pro casal e solta: "Antes de falar comigo , vira homem!!!"
E aí minha esperança na humanidade ficou pequenininha...
Sentei e comi, mas comentei a cena com a minha esposa.
Como podem as pessoas que sofrem preconceito acharem que vão consolidar direitos se usam os motivos e perseguição e vulnerabilidade sociais uns dos outros como forma normal de expressão, e como defesa contra o preconceito que sofrem. 
Como acham que isso vai dar certo?
Gays com preconceitos contra negros ( e doentes mentais), negros com preconceitos contra gays, e assim por diante? 
Se as pessoas com menor acesso as direitos humanos universais não se unirem e todos nós não nos educarmos, vamos continuar caminhando pro ‪#‎mundofudido‬
Na saída o gerente do lugar me pediu desculpas pelo ocorrido. respondi que a culpa não é dele pela má educação da população, e que a responsabilidade é de todos nós. 
E saí com minha esperança na humanidade crescendo de novo... Rumo ao ‪#‎mundofeliz‬, sempre!!! Emoticon like

Nenhum comentário:

Postar um comentário