Loading...

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Conselho de alguém aos jovens (como eu ahahahahahahaha!)

A  vós que estão entrando em um mundo muito velho, e não sabem como se comportar. Dou meu conselho grátis:
- Não entrem resolutos contra nada, nem se levantem rápido demais contra nada, mesmo que pareça certo, ou ínfimo, ou ambos (o que tornaria tal artigo quase irresistível).
-Pois mundos muito velhos estão sempre apoiados quase que inteiramente em impasses muito velhos e muito pequenos, à primeira vista, mas que sempre despertam a cobiça de grandes poderes, de que mudando pequenas coisas poderiam por fim a um impasse, que por ser muito antigo tornou-se muito grande e valioso, para quem o desfizesse.
-Entra-se então em guerras muito antigas de egos muito bem estruturados e 'paz-cientes', que esperam por tempos 'in-imagináveis' para ver um movimento ínfimo, mas 'ópiortuno'. E assim sorvendo-os, criarem relevância do passado na memória do tempo, o que dá imediatamente relevância em toda linha 'consecquiente' .
-Ao se levantar contra qualquer coisa num mundo muito velho, consegue-se imediatamente mais aliados e inimigos do que se deseja ou imagina. Se tiver passado do tempo de seguir o primeiro conselho, tente observar este:
-Aprenda a recusar aliados e inimigos de maneira clara. Não por medo, ou por respeito prévio, mas pro preguiça profilática; É bom saber quanto trabalho dá pra manter uma relação de 'ini-amizade', antes de iniciar uma. E esperar paz-cientemente pelo momento certo de começar uma ou outra coisa. (Num mundo muito velho, pois só aí isso é possível)

Nenhum comentário:

Postar um comentário