Loading...

terça-feira, 28 de julho de 2015

Liberdade

Não sofrer, mesmo quando claramente estiver desconfortável. Pois não estou sob ferros.
 Sofrem aqueles que estão presos em cadeias.
 Sou grato a mim, no passado , por ter escolhido ser livre, e não ser arrastado por uma cadeia, nem puxar uma atrás de mim.  A vida é feita de escolhas, e liberdade ou cadeia.
 Existe a luz, no universo, e existe a sombra. Escolha sabiamente sob qual quer viver.
 Pois a luz está lá fora , pra ser da luz, fica-se fora, para ser iluminado.
 E nas trevas se escondem os interiores, sempre  atrás de alguma coisa.
 Nem o sol, nem as estrelas e a lua , ali alcançam com sua luz.
 Só o fogo, a eletricidade, as fluorescências, fosfóreos, neons...
 E se escolheres ser, ao invés de estar, podes ser luz!
 E assim a tudo que é para a luz, tudo que quer estar sob a luz, atrairás. Os das trevas evitarão sua companhia, e viverão escondidos, e só os verá assustados. Não que vivam assustados, pois vivem nas trevas sem medo. Mas você os verá sempre assustados, irritados, ou desconfortáveis. Só os de fora te celebrarão, pois para os de dentro és um tirano que obriga à sua luz por onde vai
 Mas se escolher ser trevas, serás então parte de nada, sempre por trás ou por dentro de algum constructo de luz e nada, e nas tuas entranhas terás aqueles que fogem do sol. da lua , das estrelas.
 E até mesmo terás dentro de ti câmaras e compartimentos onde nem mesmo o fogo, a eletricidade, as fluorescências,s e nem mesmo um só fósforo poderá brilhar. E ali terás hóspedes que tu mesmo temeria, se não se mostrassem amistosos e gratos a ti... da sua maneira.
 Mas ainda assim terá que lidar com as questões do enigma:
 O que pode prender à luz numa cadeia.?
E o que pode fazer o mesmo às trevas.
 Boa sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário