Loading...

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Feipacarai

Doença não dá em pedra, véi. .. 
Não tenha preconceito com as doenças não contagiosas de pele.
Quando eu era adolescente, eu era horrível em matemática. Me arrumaram um professor que era foda. Físico e matemático, recluso. De graça. Mas ele tinha uma mutação pele de peixe. Uma doença congênita que deixa a pele como que escamando. O cara conversou comigo e disse que me ensinava, pra minha mãe. Foi uma das primeiras pessoas que eu vi que quis investir sério na minha mente.
Mas eu era um idiota. Cresci vendo TV e ouvindo fofoca sobre quem era feio e quem era bonito. No desenho, o bandido é no mínimo feio.. . Fui abusado por uma mulher fora dos padrões de beleza, na infância. E depois disso colocaram uma menina linda pra cuidar de mim. Parecia um Barbie.
Não estou me justificando, mas tentando entender tudo que me levou a ser uma pessoa muito mais formatada, hipnotizada e corrompida, e por isso normal nas opiniões, que sou hoje, aos 40, que era ao chegar aos 15.
Idiota. Cheio de preconceitos. O ableísmo era só mais um.
Conclusão? Eu NÃO QUIS APRENDER COM O "GÊNIO FEIO"(L) e até hoje sou débil em matemática. Dificilmente serei astrônomo ou astrofísico, por isso. Mesmo com o QI alto. Pois me voltei para as palavras, as imagens e os sons, ao invés dos números.
Tudo porque não soube olhar para outra pessoa, mesmo sendo informado que "não pegava" e que professor era íntegro. Fiquei com nojo! (L) Com nojo de outro ser humano, pela minha própria ignorância e má educação, E NÃO PELA DOENÇA. 
Por gentileza. Nunca façam isso com outro ser humano, sim? NEM COM VCS. NINGUÉM MERECE SER PRECONCEITUOSO.
ISSO SIM É FEIPACARAI.. . Emoticon like 

Nenhum comentário:

Postar um comentário