Loading...

domingo, 1 de maio de 2016

ME VENDO

EU CUBRO MEUS OLHOS PARA QUEM CONFIO,
E ASSIM,
 ME VENDO.
 COM A VENDA SOBRE OS OLHOS,
 NÃO HÁ VENDA SOB OS OLHOS,
 POIS TENHO INFINITO VALOR,
 COMO PODERIA ALGUÉM PÔR PREÇO?
 CONFIO A VENDA A QUEM MERECE,
 E ASSIM, PARA TAL PESSOA E NÃO POR TAL PREÇO,
 ME VENDO.
 POSSO ME VENDAR.
 ME VENDO.
 ME VENDO QUANDO QUISER.
 QUANDO DISSE "EU ME VENDO",
 NÃO MENTI.
 E QUEM ME CONHECE,
 E TEM MINHA CONFIANÇA,
 NADA FEZ, MAS ESPEROU.
NA MAIOR CALMA


 QUEM NÃO ME CONHECE,
 POIS NÃO PAGOU O PREÇO DE FICAR PERTO ANTES,
  QUANDO OUVIU QUE ME VENDO,
 NEM COÇOU A CABEÇA,
 E COMEÇOU A COÇAR OS BOLSOS,
 PRA VER QUANTO VALOR POSSUÍA,
PRA VER SE BASTAVA PRA ME POSSUIR.

 AH TÁ, ME POSSUIR... OK.
VAI, MOSTRA AÍ, SEU VALOR.
SEU VALOR CABE NO BOLSO É?
 NA BOLSA?
 VC ACHA GRANDE, ISSO AÍ?
 BORA VER, QUANTO ELE VALE?
 UÉ? JÁ ACABOU?
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!
 ISSO AÍ?
ISSO VALE NADA , NÃO.
EU VALHO MUITO MAIS. POIS NÃO ME VENDO COM ISSO AÍ, NÃO.
MEU VALOR ESTÁ NO PASSADO.
NO BRILHO DO MEU SORRISO,
 NA PONTA DOS MEUS DEDOS E NA RAIZ DO MEU CABELO,
 E NAQUILO QUE JÁ SE FOI.
 VOCÊ NÃO PODE JAMAIS ALCANÇÁ-LO.
 NEM VÊ-LO, NEM TOCÁ-LO.
 PERDERIA SEU VALOR.
 MEU VALOR SOU EU.
 ME TOCA QUEM MERECE.
 PARA TAL ME VENDO.
A QUEM ME TOCA NO PASSADO,
E NÃO ME INCOMODA, OU SE INCOMODA,
QUANDO EU ME VENDO.
NÃO MUDA.
 PARA TAL ME VENDO.
 POR ISSO. .



 E VOCÊ?
 CONFUNDIU VENDAR COM VENDER?
 NEM SABE MAIS SE É VENDIDO OU VENDADO?
 NÃO LEMBRA DE TER SIDO NENHUM DOS DOIS?
 CONFUNDE E JULGA QUE JÁ FOI OS DOIS,
 MAS NÃO SABE DE NADA?
 ÉS INOCENTE?
  CONFUNDIU, SABE PORQUE?
 PORQUE NÃO ME CONHECE E NEM A SI MESMO.
  VOCÊ NÃO MERECE.
 PODE SE GUARDAR
NO SEU BOLSO E NAS SUAS BOLSAS.
 PRA VOCÊ NÃO ME VENDO.



 SÓ ME VENDO PARA A PESSOA EM QUEM CONFIO.
  PARA UMA SÓ PESSOA ME VENDO.
 COM QUANTAS FACES VIER, PARA ESTA ME VENDO.
 DESDE QUE PARA ELA ME VENDEI.
 E SE ANTES DISSO, HAVIA JÁ ME VENDIDO,
 UMA VEZ E ATÉ MAIS, TALVEZ...
 ESSA PESSOA SABE,
 MESMO ASSIM ME AMOU.
 E FICOU COMIGO TANTO TEMPO,
 SEM PEDIR OU OFERECER NADA.
 MAS FAZENDO E DESFAZENDO TUDO.
 E ME TRATOU TÃO BEM,
 QUE AGORA POSSO ESTAR COM ELA
 DE OLHOS VENDADOS.
  E PRA NINGUÉM MAIS E NEM POR NADA, ME VENDO.
 ACEITE.
 NINGUÉM MERECE.
 NEM MUITO MENOS VOCÊ QUE NÃO TEM PALAVRA.
 ENCONTRE ALGUÉM COM QUEM POSSA SE VENDAR ,
 E NÃO PRA QUEM PRECISE SE VENDER.
  E ASSIM VOCÊ PODE DIZER , EU ME VENDO TAMBÉM.
 MAS NÃO SE TORNAR UM OBJETO, POR ISSO.
 QUE NINGUÉM ME VENDA, POIS EU MESMO ME VENDO.
 E DO JEITO QUE EU ACHO DIGNO.
 PERMANEÇO.
 VENDADO.
 VENDIDO,
 NÃO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário