Loading...

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

É O FIM DO MUNDO! (É MENTIRA)

    Era um domingo quando o sol escureceu.
    Ele pirou e disse: -Aconteceu!
    Era o sinal que tanto esperava,
    De uma mentira que então participava.
    Vestiu a placa e parou numa esquina,
    Desesperado com sua própria sina,
    Enquanto os carros e pessoas passavam,
    Em plena voz gritava:
    -É o fim do mundo! É o fim do mundo!
    -Acabou! Acabou!
    -Daqui pra frente é início do fim!
    -É melhor você acreditar em mim!
    Mas outro dia chegou.
    E o pirado normalmente acordou.
    Viu que o fim estava atrasado,
    Mas aquilo sequer o abalou.
    Vestiu de novo a placa e foi para a mesma esquina.
    Desesperado com sua própria sina,
    Enquanto os carros e pessoas passavam, 
    Em plena voz gritava:
    -É o fim do mundo! É o fim do mundo!
    -Acabou! Acabou!
    -Daqui pra frente é o princípio do fim!
    -é melhor você acreditar em mim!
    -Daqui pra frente é o início do fim!
    -Queiram ou não queiram, vocês terão que acreditar em mim!
    E assim dia após dia, 
    Passou a dizer que o mundo acabou.
    E a cada manhã se convencia,
    Que o fim estava apenas atrasado,
    Para não admitir que tinha falhado,
    Fazendo a previsão de um fim que jamais chegou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário