Loading...

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Só por hoje . Só?

  De vez enquanto me drogo só para ver mais vinte quatro horas.
  E, quando quero me abster, tenho que ficar limpo.
  Só por hoje.
  Mas hoje não acaba nunca,
  Todo dia é hoje.
  Hoje é tempo demais.
  Acho que vou voltar atrás.
  Todos os dias o sol nasce.
  Mas eu só vejo de vez enquanto.
  De vez enquanto eu nem percebo quando vem a alva.
  De repente, o noite novamente vira dia e não me encontro.
  E fujo correndo de novo, antes que tudo fique hediondo.
  Só por hoje.
  Mas hoje não acaba nunca,
  Todo dia é hoje.
  Hoje é tempo demais.
  Quando se quer voltar atrás.

Um comentário:

  1. Poeta, filosofo, escritor, musico e pensador esse é o grande Caetano o homem com mil inventos. Te gosto poeta. bjs

    ResponderExcluir