Loading...

terça-feira, 23 de março de 2010

Espécie de sono

-Um cientista anunciou a descoberta de uma nova esápecie humana, tendo o metabolismo diferente , eles enxergam no escuro e tem como principal diferença o sono durante o dia. A descoberta aconteceu quando ele fazia estudos sobre a adaptação no trabalho noturno, revelando que tais pessoas não apenas se adaptaram a estas condições, como não conseguem se adaptar a vida diurna, período em que passam dormindo.
  Foi assim que começou a guerra do sono, no mundo interio pessoas começaram a ser mapeadas genéticamente, para se saber o tipo de sono que possuía. Os diurnos começaram a ser demitidos dos empregos noturnos e a serem substituídos por homens e mulheres noturnos, pois as empresas economizavam uma nota em eletricidade, por não precisar iluminar a noite as áreas de trabalho, ou os postos dos seguranças. Começaram a ser vistas placas com os dizeres: Área com seguranças noturnos, na entrada , e depois uma escuridão só. Os noturnos eram facilmente reconhecidos nas cidades pelo uso de óculos escuros a noite, por causa das luzes artificias.
É claro que os demitidos não aceitaram isso pacificamente e começaram campanhas de segregação contra os noturnos, alguns chegando ao estremo de não considerá-los humanos. Ocorriam ajuntamentos  nas ruas e em frente as empresa que contratavam apenas noturnos para trabalhar á noite. Faziam piquetes nas portas de tais empresas e começaram os enfrentamentos entre as espécies. É claro que a noite os noturnos tinham vantagem no confronto, mas de dia eram caçados enquanto dormiam.
  Até que um dia um dos noturnos foi a ONU e fez um discurso demonstrando que era um ser humano com direito a vida, apesar de fazer parte de uma minoria que apenas emergia na face da terra. Que queria ter seus direito de ser humano garantidos e que seus filhos dveriam ter também o direito de crescer estudar e trabalhar, seja lá em que horas a natureza os habilitasse para isso.
   Seu discurso foi tão emocionado que convenceu-os a apoiá-los, e assim a ONU conseguiu mais uma grerra para investir. As lutas foram sendo suprimidas e emendas foram feitas nas constituições para garantir os direito dos noturnos. No fim decidiram por dar razão a natureza e deixar que os diurnos trabalhassem de dia
e os noturnos de noite, com pequenas cotas para aqueles que se adaptassem a trocar a hora do sono, por causa do desemprego que afetava a ambas as espécies. Tudo resolvido. Até que...
-Um cientista anunciou a descoberta de mais uma espécie humana, diferentes do diurnos e noturno , estes não tem qualquer necessidade de sono, enxergando bem de dia ou de noite sem distinção. As autoridades já se preparam para outra onda de violência e segregação. A ONU já se predispôs a ouvir a nova raça. Noturnos e diurnos agora temem por seus empregos.
É a evolução...

Um comentário:

  1. Você deve ter ficado muito feliz, pois você é homem da madrugada, heheheeeeeeeee, mas dizem que o trabalho noturno rejuvenesce. Parabens bjs Heudes

    ResponderExcluir