Loading...

sábado, 30 de janeiro de 2010

PLATÔNICO

Continuo olhando,
Meu olhar está preso ao seu corpo.
Meu corpo me pede água e comida,
Mas não me movo,
E quando penso que vou parar,
Me pego olhando de novo,
O que tem essa menina?
Que olho e que só por isso tanto me inspira?
Não sei se a beleza ou o olhar,
Só sei que é mesmo linda,
Como uma escultura ,
Que além de bela, respira.

Um comentário: